14 setembro 2011

Empreitada musical 1

Algumas pessoas que me conhecem sabem o quanto eu gosto de música. Eu cresci ouvindo música incentivado principalmente pelas minhas irmãs que sempre cantaram na igreja. A música é algo que faz parte da minha vida desde sempre e acabou se tornando uma das minhas grandes paixões. Não sei dizer se gosto mais de informática ou música, mas escolhi a informática como carreira e música como hobby.
Meu primeiro contato com um instrumento foi por volta dos 10 anos de idade. O irmão de um amigo se ofereceu para me ensinar a tocar bateria, mas as aulas duraram umas 3 semanas. As aulas terminaram por motivos pessoais do professor.
Aos 16 anos de idade ganhei um violão e comecei a estudar sozinho. Aprendi vendo outras pessoas tocando e também comprava revistas com músicas cifradas. Nessa época também estudei um pouco de teoria musical, basicamente sobre partitura.
A paixão pela bateria foi despertada novamente aos 26 anos de idade. Comecei a fazer aulas para tocar na igreja e esse período durou um ano e meio. Parei as aulas porque mudei de cidade. No final das contas descobri que minha maior paixão é a bateria, mas ainda tenho vontade de aprender outros instrumentos.
Nas últimas semanas comecei a estudar um pouco mais sobre teoria musical pensando em, futuramente, compôr algumas coisas, seja música própria ou criar novos arranjos para músicas já existentes. Para ajudar nessa nova empreitada também comecei a estudar teclado por conta própria, mas assim que eu puder pretendo fazer aulas e aprender a tocar de verdade.
Os primeiros resultados dessa aventura com o teclado você pode conferir abaixo. A música em questão chama-se Cantaloupe Island, um tema de jazz criado pelo grande pianista Herbie Hancock. Essa é minha primeira gravação, não esperem muita coisa, fiz isso em casa e comecei a estudar essa música no último sábado (10/09). O arranjo também não é o original, essa é a minha interpretação como resultado dos meus primeiros estudos de teclado. Fiquem à vontade para críticas, sugestões, dicas e espero que gostem.

(O áudio está indisponível no momento. Desculpe o incoveniente.)

Grande abraço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário